Pacto Global


A estrutura de governança corporativa da Chesf se traduz em processos administrativos pautados pela transparência e a contínua criação de valor



As práticas de governança corporativa da Chesf visam garantir os direitos dos acionistas e a sustentabilidade do negócio, alinhados à prestação de contas aos investidores e à sociedade, e a ética no relacionamento com os públicos de relacionamento.

Com foco na transparência e na manutenção de um relacionamento ético com todos os seus públicos, a estrutura de Governança da Chesf é composta por uma Assembleia Administrativa e um Conselho de Administração que, com o auxílio da Diretoria Executiva, do Conselho Fiscal, da Ouvidoria e da Auditoria, é responsável pelas principais deliberações e decisões na gestão do negócio. Os atos de gestão administrativa são fiscalizados pela Auditoria Interna, pelo Conselho Fiscal e pelos órgãos de controle externos Controladoria Geral da União (CGU) e Tribunal de Contas da União (TCU).



Estrutura governaça
Relátorio

PRINCIPAIS INICIATIVAS

Em 2017, foram realizadas cinco reuniões de Assembleia Geral, sendo uma ordinária e quatro extraordinárias, para a discussão de diversas iniciativas ligadas ao plano de negócios da Companhia. Além disso, ocorreram 21 reuniões do Conselho de Administração, 13 reuniões do Conselho Fiscal e 67 reuniões da Diretoria Executiva.

> 102-18 >

AS PRINCIPAIS PAUTAS APRESENTADAS AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO FORAM:

  • > Plano de Negócios da Chesf - PNG 2017-2021
  • > Fluxo de Caixa
  • > Reestruturação Organizacional
  • > Custo do serviço da dívida
  • > Aportes em Sociedades de Propósito Específico (SPEs)
  • > Auditoria, Ouvidoria e Comissão de Ética
  • > Consulta Pública 33
  • > Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação
  • > Centro de Serviços Compartilhados e
  • > Hospital Nair Alves de Souza (HNAS)



Os assuntos para deliberação do Conselho de Administração são pautados por meio de documento “Encaminhamento de Assunto ao Conselho de Administração (EACA)”. Assuntos estratégicos são abordados por meio de apresentações e documentos adicionais disponibilizados aos Conselheiros.

> 102-34 >



REALIZAÇÕES DA GOVERNANÇA (CONSELHO) EM 2017

> PAUTA > > OBJETIVO > > STATUS >
Atualização da Identidade Empresarial Promover a racionalização de processos, redução de custos operacionais e a modernização da sua estrutura organizacional. Implantado
Atualização do Mapa Estratégico 2017-2021 Sustentabilidade e Eficiência Empresarial. Em realização
Restabelecimento do Fluxo de Caixa Equilibrar o Fluxo de Caixa até o final de 2017 Realizado
Priorização de Obras de Transmissão e Geração Priorizar os Empreendimentos com Processos Licitatórios já homologados. Em realização
Implantação do Programa Eletrobras 5 Dimensõe Aprimorar as Práticas de Integridade no ambiente corporativo. Em realização
Termo de Cooperação com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa Integração e uso mútuo de infraestrutura de telecomunicações entre a Chesf e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). Termo firmado. Em fase de implantação.

* Mais detalhes sobre a Governança da Chesf podem ser consultados em chesf.gov.br > A Empresa.

GOVERNANÇA E SUSTENTABILIDADE

GOVERNANÇA E SUSTENTABILIDADE

Na estrutura organizacional da Chesf, as questões ambientais e sociais são responsabilidade da Superintendência de Planejamento da Expansão e Meio Ambiente e da Superintendência de Relações Institucionais, respectivamente vinculadas à Diretoria de Engenharia e Construção e à Presidência. Os demais tópicos financeiros e econômicos estão distribuídos na Superintendência de Planejamento e Controle Econômico-Financeiro, Superintendência de Execu- ção Econômico-Financeira e Superintendência de Contabilidade, vinculadas à Diretoria Econômico-Financeira.

> 102-20, 102-22, 102-23, 102-31, 102-44 >

As diretrizes estratégicas de Sustentabilidade da Companhia estão presentes no Plano de Negócio e são consideradas nas decisões de curto, médio e longo prazos.

Diretrizes Estratégicas de Sustentabilidade da Chesf

  • > Priorizar a produção de energia limpa e renovável
  • > Uso racional de recursos
  • > Atuar como agente indutor da eficiência energética
  • > Compromisso com a ética e a transparência
  • > Respeito aos direitos humanos
  • > Agregar valor para as partes interessadas
  • > Garantir condições de trabalho e de bem-estar adequadas aos colaboradores



Entre as ações realizadas pelo Comitê de Sustentabilidade em 2017, destacam-se:

  • > Execução de projetos de sustentabilidade incluídos no Plano de Negócios e Gestão (PNG) da Chesf.
  • > Normatização da gestão de consumo de água, energia, combustível e coleta seletiva.
  • > ampanhas para eficiência de energia elétrica.
  • > Participação na definição e priorização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), para integração da Agenda 2030 da ONU à estratégia das Empresas Eletrobras.


As diretrizes estratégicas de Sustentabilidade da Chesf estão presentes em seu Plano de Negócio



Reunião


TRANSPARÊNCIA E ÉTICA

> 102-17, 102-25, 103-2 >

Ao longo de sua trajetória, a Chesf tem consolidado a ética e a conduta de excelência em suas atividades como valores organizacionais. Todos os empregados recebem o Código de Ética e de Conduta no momento de sua integração, e sua disseminação é realizada de forma constante por meio da Comissão de Ética, dos gestores e da área de Recursos Humanos.

A Companhia também assegura a ausência de conflito de interesse, determinando que os membros dos Conselhos de Administração e Fiscal, assim como os Diretores, respondam a questionários definidos pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Comissão de Ética Pública (CEP). Além disso, todos os empregados têm acesso, por meio da intranet ou portal eletrônico da Chesf, ao Sistema Eletrônico de Prevenção de Conflito de Interesses (SECI), da Controladoria Geral da União (CGU).

Vale ressaltar que os membros da estrutura deGovernança, além de assumirem o compromisso de adesão ao Código de Ética e de Conduta e ao Programa de Integridade, por meio da assinatura de documentos específicos, patrocinam e monitoram as ações do Programa, criado pela Eletrobras e conduzido na Chesf pela Assessoria de Conformidade e Gestão de Riscos. As denúncias relacionadas à Lei Anticorrupção e a outros casos de violação do Código de Ética e de Conduta são recebidas por meio de um Canal de Denúncias único para as empresas Eletrobras, e são tratadas pelo Comitê do Sistema de Integridade (CSI), formado por representantes da Eletrobras e de todas as empresas do grupo. A Companhia também possui uma Comissão de Ética, que pode receber em seu canal denúncias de violação de condutas éticas, e uma Ouvidoria, para tratamento de outros tipos de manifestações recebidas do público interno e externo.

Em 2017, a Eletrobras iniciou um ciclo de treinamentos intitulado “Governança, Integridade e Mercado de Capitais”, em parceria com o Instituto Brasileiro de Gestão Corporativa (IBGC), direcionado aos conselheiros e diretores das empresas Eletrobras. O cronograma de treinamentos se encerrará em 2018.

> 102-27, 103-3 >

A Campanha “Ética em Tudo para Tod@s”, que visa fortalecer o tema por meio de informativos internos, reuniões dos comitês, ouvidoria, eventos da CIPA e até mesmo nas assinaturas digitais, também teve continuidade e foi fortalecida no XIII Seminário do Fórum Nacional de Gestão Ética nas Estatais, sediado pela Chesf. O evento foi transmitido para todas as regionais e contou com a presença da alta liderança da Companhia. Ainda relacionado ao tema Ética, a Diretoria de Conformidade da Holding organizou um evento em 2017, em todas as empresas Eletrobras, para destacar os principais projetos em andamento no âmbito do Programa de Integridade (Compliance), bem como as ações necessárias para a Certificação SOX.

> 102-17 >

Programa Eletrobras 5 Dimensões

> 102-17, 103-2 >

Em 2017, a Chesf deu continuidade às ações do “Programa Eletrobras 5 Dimensões”, criado em 2016 com o objetivo de aprimorar o Programa de Integridade já existente nas empresas Eletrobras. A Assessoria de Conformidade e Gestão de Riscos conduziu a implantação de novos procedimentos para fortalecer as práticas de integridade cor- porativa, com destaque para algumas ações, como o início do processo de background check (verificação de antecedentes) de conselheiros indicados pela Chesf para com- por os Conselhos e Diretorias nas SPEs (Sociedades de Propósito Específico). Também deu início a um projeto piloto de Due Diligence e avaliação de riscos de fornecedores críticos, processo que será consolidado em 2018.

O Programa tem como base o modelo proposto pela Controladoria Geral da União (CGU) e as diretrizes do Committee of Sponsoring Organizations of the Trea- dway Commission (COSO), e prevê a implantação de ações e projetos com base em cinco dimensões, abaixo relacionadas:

1. Desenvolvimento do ambiente de gestão do programa de integridade.

2. Avaliação periódica de riscos.

3. Estruturação e implantação de políticas e procedimentos do programa de integridade.

4. Comunicação e treinamento.

5. Monitoramento do programa, medidas de remediação e aplicação de penalidades.

GESTÃO DE RISCO

Com base na Política de Gestão de Riscos das Em- presas Eletrobras, a Chesf possui uma Matriz de Riscos, derivada da Matriz de Riscos das empresas Eletrobras, que classifica e tipifica os riscos atrelados ao seu negócio. A Matriz contém quatro pilares – Estratégico, Financeiro, Operacional e Conformidade – que contemplam as seguintes categorias: Modelo de Negócio, Estratégia de Mercado, Imagem e Reputação, Investimentos, Liquidez, Geração e Comercialização, Socioambiental, Gestão de Pessoas, Legislação e Normas, entre outros. Tais categorias são desdobradas em eventos de riscos potenciais, que são analisados de acordo com a probabilidade e impactos, com base na metodologia COSO ERM e COSO 2013 e nas normas ABNT NBR ISO 31000:2009 e ABNT ISO GUIA 73:2009.

> 102-11; 102-18 >

O Comitê de Riscos é responsável por priorizar os riscos que serão analisados e monitorar os resultados, além de contribuir na atualização da Política e da Matriz de Riscos das empresas Eletrobras e definir as matérias a serem encaminhadas à aprovação da Diretoria Executiva e do Conselho de Administração.

Com relação aos controles internos, anualmente a Chesf participa do processo de Certificação SOX para garantir a conformidade aos requisitos da lei norte-americana Sarbanes-Oxley. A certificação envolve as etapas de revisão anual da documentação referente aos processos de negócios e de governança, previamente definidos no escopo, e testes de eficácia dos controles internos, realizados tanto pela administração, sob responsabilidade da Auditoria Interna da Chesf, quanto pelo auditor independente. Todas as empresas do grupo participam do processo de certificação como subsidiárias da Eletrobras, para que a Holding mantenha a negociação de suas ações na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE).



Equipe de Conformidade e Gestão de Riscos


COMITÊS

> 102-18 >

Em 2017, a Chesf contou com quatro Comitês para apoiar a gestão dos negócios e dar mais agilidade aos processos de análise e à tomada de decisão.

Comitê de Sustentabilidade Empresarial: responsável por consolidar propostas de melhoria de gestão e monitorar resultados dos planos de ação. Também delibera sobre a Política de Sustentabilidade da Companhia, sob aprovação da Diretoria, e coordena o levantamento de informações para os Relatórios Anuais. Foram realizadas 12 reuniões ordinárias em 2017.

Comitê de Planejamento Empresarial: responsável por avaliar, monitorar e atualizar o Planejamento Estratégico da Companhia, propondo indicadores de acompanhamento alinhados às melhores práticas do mercado. Também é responsável por divulgar o planejamento e acompanhar os desdobramentos das metas. Foi realizada uma reunião em 2017.

Comitê de Riscos: responsável por definir, compreender e monitorar os riscos internos e externos que podem afetar os negócios da Companhia. É composto por uma equipe multidisciplinar com representantes de todas as diretorias. Foram realizadas cinco reuniões em 2017.

Comitê de Gestão do Programa Chesf de Pesquisa & Desenvolvimento + Inovação: responsável pela elaboração e gerenciamento do Programa de Pesquisa da Chesf. Esse Comitê também é responsável por estabelecer o relacionamento com entidades externas e revisar, anualmente, as atividades que se referem ao programa. Foram realizadas duas reuniões em 2017.

CANAIS DE RELACIONAMENTO

> 102-43, 103-2, 103-3 >

A Chesf tem como princípio o respeito às pessoas e evidencia essa prática por meio de mecanismos que atendam às expectativas das partes de interesse com relação ao negócio. Dessa forma, a cada dois anos a Companhia realiza a Pesquisa Integrada da Eletrobras para medir a satisfação de seus clientes, sendo a última realizada no biênio 2016/2017. A Pesquisa foi direcionada aos seguintes públicos, por negócio:

  • Geração: consumidores livres, potencialmente livres, comercializadoras e distribuidoras.
  • Transmissão: distribuidoras, consumidores livres, potencialmente livres e geradoras.

O resultado da consulta, que utilizou como base a metodologia “Janela do Cliente”, demonstrou um bom nível de satisfação com a Chesf, numa correlação entre os graus de satisfação e de importância.

> 102-40; 102-43 >

RESULTADOS DA CHESF NA 2a PESQUISA INTEGRADA DA ELETROBRAS

Em 2017, a Chesf também realizou uma pesquisa de satisfação com os Agentes de Distribuição para avaliar os serviços de operação prestados pela Companhia. O resultado foi uma média de 8,2 pontos, numaescala de 0 a 10.

A pesquisa faz parte do processo de atendimento aos Requisitos do Sistema de Gestão da Qualidade da Operação da Chesf, no qual todos os órgãos da Operação de Sistema e Instalações da Companhia estão certificados na Norma ISO 9001:2008. Dentre os procedimentos estabelecidos, estão as reuniões anuais com Clientes (Distribuidoras de Energia). No ano, foram realizadas 10 Ações implantadas reuniões presenciais (uma por Distribuidora) com os Agentes de Distribuição.

A Ouvidoria é outro mecanismo de gestão utilizado pela Companhia para se aproximar de seus públicos de relacionamento. Os assuntos mais relevantes mencionados em 2017 (cerca de 80%) foram: Recursos Humanos, Área de Servidão, Situação Econômico-Financeira, Operação e Manutenção, Serviços Gerais, Comunicação Empresarial, Meio Ambiente, Expansão da Geração e Administração Superior. A Comissão de Ética e o canal Fale Conosco (0800 9793 090) são outras ferramentas que facilitam o relacionamento da Chesf com seus públicos de interesse.

Ações implantadas

A partir de manifestações recebidas, a Chesf implantou algumas ações, como a disponibilização de informações sobre o volume de chuva (em mm) na área do reservatório de Sobradinho e dados hidrológicos obtidos no posto hidrométrico de Remanso – cota média (m) e chuva (mm) – no Portal Corporativo. Esta oportunidade de aperfeiçoamento na disponibilização de informações foi identificada pela Ouvidoria, em conjunto com a Diretoria de Operação.



Em 2017, a Chesf lançou um canal independente de captação de denúncias. O processo, que era realizado pela Ouvidoria por meio de um sistema interno, passou a ser realizado por uma empresa externa, enfatizando o compromisso com o sigilo e a imparcialidade no direcionamento dos casos. Concomitante ao lançamento do Canal foi criado o Comitê do Sistema de Integridade (CSI), formado por representantes da Eletrobras e suas subsidiárias, para acompanhar e direcionar o tratamento das denúncias de forma padronizada.



Em 2017, também foi lançada a Política de Consequências, que tem como objetivo estabelecer compromissos corporativos de combate à corrupção, às práticas anticoncorrenciais, aos conflitos de interesses e outras infrações. Além disso, a Política busca orientar a aplicação de consequências às ações e condutas em desacordo com o Código de Ética e de Conduta das empresas Eletrobras, com o Programa de Integridade da Eletrobras e com as normas internas e legais.



O contato com a Ouvidoria e demais canais de relacionamento pode ser feito por e-mail (ouvidoria@chesf.gov.br) ou pelo portal Fale Conosco (www.chesf.gov.br/page/faleconosco).



Manifestações dos stakeholders

A Chesf tem como compromisso analisar e dar uma devolutiva a todas as manifestações levantadas por meio de seus mecanismos formais de relacionamento. Existem os canais formais para o público externo (e-mail, Fale Conosco, Relações Públicas, Imprensa, Inovação e Ouvidoria) e para o público interno (Comissão Ética e informativo interno “Chesf Hoje”). Todas as informações cadastradas são verificadas pela Chesf. As demandas provenientes especificamente do canal Imprensa são direcionadas para o clipping de notícias, onde são geradas as tratativas e respostas, conduzidas pela Superintendência de Relações Institucionais, por meio dos canais de comunicação da Companhia ou releases.

> 102-40, 102-41 >

Em 2017, a Companhia registrou 616 demandas em seus canais formais, sendo 592 manifestações postadas na Ouvidoria e 24 pelo Canal de Denúncias Eletrobras.

> 102-44 >

Gráfico Manifestações por tipo


A Chesf tem como princípio o respeito às pessoas e por isso trabalha para atender às expectativas de seus stakeholders



CONFIRA OS TEMAS DAS MANIFESTAÇÕES REGISTRADAS EM 2017

OUVIDORIA COMISSÃO ÉTICA FALE CONOSCO (0800 979 3090 E/ OU MEIOAMBIENTE@ CHESF.GOV.BR)” “RELAÇÕES PÚBLICAS (RP@CHESF.GOV.BR)”
ASSUNTOS REGISTRADOS
Recursos Humanos Questões ligadas ao item 2.2.3 do Código de Ética: Discriminação, Preconceito, Violência Verbal,Humilhação e Constrangimento. Viveiro Florestal de Xingó (solicitação de mudas). Visitas Técnicas (palestras sobre Geração, Transmissão e Meio Ambiente).
Área de Servidão Solicitação de Visita Técnica.
Econômico Financeiro Denúncia de Invasão de Faixa de Linha de Transmissão.
Operação e Manutenção Solicitação de informações sobre atividades desenvolvidas pela Chesf.
Serviços Gerais
Comunicação Empresaria
Meio Ambiente
Expansão da Geração
Administração Superior
Fundiário
INOVAÇÃO IMPRENSA
ASSUNTOS REGISTRADOS
Religamento Monopolar e Tripolar Adaptativo de Linhas de Transmissão. Externo: Inauguração de Obras; Energização de Subestações; Crise Hídrica; Balanço Financeiro.
Desenvolvimento de um Medidor Ótico de Tensão. Interno: Saúde do Empregado; Segurança; Campanha de Gênero; Compliance; Voluntariado.
Armazenamento distribuído de energia e seus impactos rança e Qualidade no Sistema de Transmissão. Denúncia de Invasão de Faixa de Linha de Transmissão.
Aerogeradores: melhorias no processo de conversão de energia.
Qualidade da água em reservatório no Rio São Francisco.
Biotecnologia contra infestação do Mexilhão.
Monitoramento de barragens de UHE.
Manejo integrado de vegetação em LTs, SEs e pátios UHE.
Identificação de cabos aéreos através de reconhecimento de imagens.
Batimetria do fundo dos reservatórios e estudos sobre circulação da água nos mesmos.

EM 2017, A COMPANHIA INCORPOROU EM SUA LINHA DE PESQUISA NOVE TEMAS SUGERIDOS PELO PÚBLICO DO CANAL DE RELACIONAMENTO INOVAÇÃO:

  • > Desenvolvimento de um Medidor Óptico de Tensão.
  • > Armazenamento distribuído de energia e seus impactos no aumento da segurança e qualidade no sistema de transmissão.
  • > Melhorias no Processo de Conversão de Energia dos Aerogeradores.
  • > Qualidade da água em reservatório no rio São Francisco.
  • > Biotecnologia contra infestação do Mexilhão Dourado 8.
  • > Monitoramento de barragens de UHE.
  • > Manejo integrado de vegetação em linhas de transmissão, subestações e pátios de UHE.
  • > Identificação de cabos aéreos por meio de reconhecimento de imagens.
  • > Batimetria 9 do fundo dos reservatórios e estudos sobre a circulação da água nos mesmos.
8 O mexilhão dourado é um molusco de água doce que vive naturalmente nos rios da China e do Sudoeste da Ásia. Foi introduzido acidentalmente na América do Sul há mais de 10 anos, por meio da água de lastro de navios mercantes descarregada nos portos argentinos no rio da Prata. É uma espécie invasora, com grande capacidade de incrustação, com rápida taxa de crescimento e grande força reprodutiva.
9 ensuramento da profundidade das massas de água (oceanos, mares, lagos etc.) para determinação da topografia do seu leito.